Segundo Eric Schmidt, presidente da Comissão de Controle do Google, a espionagem cibernética cometida pelo governo norte americano é uma grande ameaça à internet.

As declarações de Schmidt foram dadas em debate sobre as consequências para a indústria da tecnologia dos casos de vigilância eletrônica realizada pela NSA. O evento foi organizado pelo americano Ron Wyden, presidente da Comissão de Finanças do Senado americano.

De acordo com Collin Stretch, chefe de Assuntos Legais do Facebook, a ideia de ter de instalar centros de dados e os próprios dados em nível regional se opõe, fundamentalmente à forma como a Internet está estruturada.

As polêmicas em torno da espionagem cibernética cometida pelos Estados Unidos veio a tona após o ex-agente da NSA, Edward Snowden, vazar documentos sigilosos para a imprensa no ano passado.